Garotas do Bem.

 

Um dia desses fui ao Shopping com minha amiga Julia Fernandes, garota que realiza  a campanha “Lacre do Bem” – Consiste em arrecadar lacres de latinhas de alumínio e, com a reciclagem desses lacres, adquirir cadeiras de rodas que serão doadas para pessoas, creches e outras instituições que cuidam de crianças com paralisia cerebral ou mobilidade reduzida.

_MG_8075

Ela levou a mascote de sua campanha, a Bella do Lacre. Uma linda boneca cadeirante.

Fomos encontrar com a Aninha. A Aninha recolheu muitos lacres e queria entregar pessoalmente para ajudar na campanha da Julia.

 

Enquanto esperávamos a Aninha, uma garota veio para colocar um lacre na urna.

_MG_8077

Ai que fofa!!! Pedi a Julia para entregar a ela uma pequena lembrança, o “coração solidário”. Ela adorou!!

_MG_8079

 

Ah que bom a Aninha chegou!!

_MG_8084

E trouxe muitos lacres!!

_MG_8090

E também sua personagem, Joyce, que usa andador.

_MG_8098

_MG_8126

Apresento a vocês, a Joyce e a Bella do Lacre.

 

_MG_8099

A Aninha também fez uma cirurgia de tendões, igual a minha. Agora podemos dar um pequeno rolezinho em pé.

 

_MG_8112

Mas para longas distâncias precisamos da cadeira de rodas.

 

Como sou curiosa, no bate-papo final perguntei para essas “garotas do bem”, porque elas se preocupam em ajudar os outros.

12696670_1668625986720757_1054572929_o

Para a Aninha “Eu gosto de fazer o bem e ajudar as pessoas porque eu vejo que um dia nós podemos mudar o mundo, nós esperamos um futuro melhor. Eu gosto de ajudar Júlia porque ela quer o bem e juntas podemos  colaborar para um mundo melhor. Eu acredito que a Júlia pode ajudar nesse futuro melhor para nós, eu acho muito legal o que ela está fazendo pra gente  que é cadeirante. Júlia, vou sempre te apoiar  você  e sua mãe. Continue assim!!”

12698952_1000563923316292_1205876977_o-2

Para Julia: “Tina nós somos a próxima geração e se as crianças forem motivadas a fazer o bem, no futuro todo mundo vai fazer o bem. Então no futuro não vai ter muitos assaltos e essas coisas ruins. Todo mundo pode ajudar e a próxima geração vai ser bem melhor que agora. A minha vontade de ajudar veio dos meus pais que sempre me motivaram a ajudar as pessoas necessitadas. Desde pequena eu sempre ajudei doando brinquedos. Quando descobri a campanha do lacre eu quis ajudar, isso não quer dizer que não me divirto e brinco, eu me divirto muito fazendo o bem. O meu coração enche de alegria ao ajudar as pessoas que precisam, pois um dia pode ser a gente”.

 

Ai que fofas!! Essas garotas me encantam!!!

saiba mais sobre a campanha lacre do bem

 

 

 

Anúncios